9 de janeiro de 2013

DuDuHoX com som: OpenAL

Trabalhar no DuDuHoX está cada vez mais difícil. Já pensei em desistir em alguns problemas que tive, seja com código ou com bibliotecas.

Colocar animação no jogo foi muito complicado. Porque o motor do jogo não tem estados intermediários em que o personagem está indo de uma casa para outra. O estado do jogo só permite que o personagem ocupe uma casa e não metade de uma e metade de outra.

Minha solução para isto foi colocar a informação de animação no código da interface gráfica (OpenGL). Após pressionar alguma tecla que movimente o personagem, o motor do jogo já estará no estado novo completo, mas a interface não aceitará mais nenhuma entrada enquanto não terminar de exibir a animação de movimentação.

Outro grande problema que tive foi quando decidi colocar sons no jogo. Meus objetivos são: música de fundo e sons posicionais. A biblioteca que achei para isto foi a OpenAL. Ela é feita em C mas existe o pacote Haskell que faz o binding.

Mas, nem tudo é tão bonito. Instalar a biblioteca OpenAL no Windows foi um tremendo caos. Foi uma tarde inteira tentando fazer isto. Quando finalmente consegui instalar, percebi que também iria precisar da biblioteca ALUT. Esta não foi tão difícil de instalar, porém, ocorriam erros de link durante a compilação. Felizmente encontrei um bug reportado para o GHC que tratava exatamente do meu problema: Ticket 1243. Depois de aplicar o patch, tudo funcionou.

Fiz uma música no OpenMPT, desenhei o personagem no GIMP e coloquei tudo dentro do jogo.

Apesar das dificuldades, estou muito feliz com resultado que estou obtendo em fazer o DuDuHoX em Haskell. Decidi gravar um gameplay com o CamStudio e compartilhar com vocês através do YouTube: